Minha primeira experiencia com o Thetahealing

''Em 2010, quando conheci o ThetaHealing, eu já atuava na área holística há muito tempo, inclusive já trabalhando​ com regressão e explorando todo o universo das vidas passadas. Possuía um grande número de ferramentas terapêuticas, e todas me permitiram progredir em minha própria vida pessoal e intervir positivamente na vida de meus clientes, porém só consegui chegar até certo ponto com elas.


Quando fiz a meditação da conexão com a Fonte de Tudo que É, senti que havia encontrado algo diferente. Percebi que finalmente havia encontrado um processo que me ajudaria a manifestar qualquer coisa em minha vida. Foi realmente como encontrar uma varinha mágica!

A primeira grande mudança que ocorreu em minha vida com o Thetahealing foi pela cura de um bloqueio. Eu possuía uma “trava” muito grande para dar cursos, para ser professora e transmitir conhecimentos no geral. Mesmo vindo de uma família de docentes eu me sentia insegura e com uma sensação de perigo quando convidada para ministrar um curso na minha área. Resolvi investigar a questão mais a fundo, por meio da Regressão (Na época eu ainda não conhecia o thetahealing).

Durante o processo de regressão descobri uma forte memória de vida passada onde experimentei muito sofrimento por ter sido um professor. Havia encontrado o motivo. O problema é que mesmo tendo uma consciência clara dessa memória eu não conseguia me desvencilhar do medo que provinha dela. Utilizei várias ferramentas terapêuticas e várias abordagens mas o medo persistia.

Após uma única vivência com o Thetahealing eu me senti livre daquele trauma e consegui liberar todo o medo que provinha dele.

O que experimentei depois dessa limpeza e liberação do trauma de ensinar foi um desejo muito grande de compartilhar minhas experiências com esta ferramenta que tanto me ajudou pessoalmente e que poderia realmente fazer a diferença na vida das pessoas. Meu desejo era que ​toda a humanidade pudesse experimentar o sentimento de ​se sentir tão livre e feliz quanto eu me senti naquele momento.'' Esse depoimento foi escrito pela nossa instrutora Cristina Camargo, quer ter acesso a mais depoimentos e textos como esse? Inscreva-se na nossa lista de e-mails.