• Konektar

Plantas nativas, exóticas ou importadas?


Você já parou para pensar de onde vêm os chás medicinais, temperos, frutas e hortaliças que utilizamos aqui no Brasil? Em relação ao seu país de origem, as plantas se enquadram nas seguintes categorias:

Plantas nativas: são aquelas que têm sua origem no Brasil.

Plantas exóticas: são aquelas que foram trazidas de outros locais, mas se adaptaram e podem ser cultivadas no Brasil.

Plantas importadas: são aquelas que não se adaptam para o cultivo no Brasil.

Algumas pessoas me perguntam também sobre as plantas ruderais. Essas podem ser nativas ou exóticas. São aquelas plantas que aparecem espontaneamente e se desenvolvem bem em ambientes impactados pela ação humana. Muitas vezes são consideradas daninhas pela facilidade de propagação e resistência. Você vê muitas por exemplo nas beiras de estrada, lotes vagos, fazendas com solos já degradados.

No Brasil, grande parte das espécies ruderais tem utilidade medicinal ou alimentícia. Mas na hora da colheita ou compra é necessário ficar antenado na procedência, pois muitas vezes elas podem ser coletadas em condições inapropriadas para consumo, exatamente por sua facilidade de nascer em beira de esgotos ou em locais poluídos. É o caso da tanchagem (Plantago sp.), beldroega (Portulaca oleracea), dente-de-leão (Taraxacum officinalis) e tantas outras.

É interessante conhecer a origem das plantas, a fim de priorizar no nosso dia-a-dia o

uso de plantas nativas ou exóticas que sejam bem adaptadas ao clima brasileiro. As minhas queridinhas são as nativas. E eu vou te explicar o porquê.

O uso de plantas importadas acarreta em custos com transporte internacional, além dos correspondentes custos ecológicos. Em muitos casos, há opções de plantas locais para substituir tais espécies na terapêutica. Através dessa substituição, você pode reduzir sua pegada ecológica, praticando um consumo mais sustentável. Se você não conseguir plantar ou coletar, você pode comprar de agricultores ecológicos locais para fortalecimento das cadeias produtivas regionais. Além de muitas vezes encontrar as plantas mais fresquinhas! Vale a pena dar uma conferida!

Algumas plantas medicinais nativas, como barbatimão (Stryphnodendron adstrigens), maracujá (Passiflora sp.) ou carqueja (Baccharis trimera) são muitas vezes menos conhecidas do que plantas exóticas como hortelã (Mentha sp.), babosa (Aloe sp.) ou camomila (Matricaria recutita), ou importadas como ginseng-coreano (Panax ginseng) e boldo-do-Chile (Peumus boldus).

Aproveitando para esclarecer, esse tipo de boldo a que me refiro não é aquele peludo que vemos nos quintais brasileiros. O boldo-do-Chile é uma árvore que ocorre apenas no clima de altitude. Não é possível cultivá-la no Brasil. Mesmo se plantando, nem tudo dá no Brasil. Mas depois faço outro post sobre isso.

Retomando o raciocínio, porque as plantas nativas são menos conhecidas do que exóticas ou importadas? Podemos explicar isso pelo fato de que estudos químicos e farmacológicos de diversas plantas estrangeiras estão mais avançados do que aqueles das plantas nativas brasileiras, assim como a globalização das informações sobre suas utilidades.

É muito importante aumentar a quantidade e a qualidade das pesquisas sobre plantas nativas. O conhecimento da biodiversidade brasileira é uma estratégia de atribuição de valor material e imaterial aos diferentes biomas, colaborando para a conservação dos mesmos. Além disso, o registro desse conhecimento é crucial para que paremos de ver desaparecer os saberes sobre as utilidades gastronômicas, medicinais e econômicas das plantas, já de amplo conhecimento de comunidades tradicionais.

A procedência de todo o conhecimento moderno sobre as plantas úteis provém originalmente das culturas de um ou mais povos. E, falando sobre plantas medicinais, a base para o desenvolvimento da medicina moderna veio desses saberes tradicionais. Ainda hoje, estas espécies, combinadas à sabedoria a elas associada, podem representar curas inéditas para diversas doenças que nos atingem.

Procure saber de onde vieram os vegetais que você usa no dia-a-dia. Sejam chás medicinais, temperos, frutas ou hortaliças. Tem interesse em saber mais sobre plantas medicinais? Dia 6 de Abril tem Workshop e voce pode se inscrever por aqui

#plantasmedicinais #manjericão #familiadealma #almagemea #workshop #bemestar #cura #anacimbleris #holistico #medicinaalternativa #homeopatia #plantas #jardimemcasa #hortaliças #detox

0 visualização
(31)  98572.3432
(31)  98820.5281

KONECKTAR TREINAMENTOS E ORGANIZAÇÕES DE EVENTOS | CNPJ: 34705260/0001-84

Rua Carangola, 120 · Santo Antônio · Bhte / MG 

contato.konektar@gmail.com | tel de contato (31) 35473382 (31) 982205281

 A confirmação da inscrição será enviada paras o  e-mail cadastrado, assim que for aprovado o pagamento. 

O cancelamento da inscrição feito até 15 dias antes do evento, terá a devolução de 70% do valor pago. Depois deste prazo, o valor não poderá ser reembolsado, ficando o crédito para se inscrever no próximo  curso  no mesmo ano.

Site desenvolvido © 2017 

by Marcelo Gontijo para KONEKTAR